VERSO

Jennifer Trajano

retrato* 

 

me atraio pelo mesmo 
motivo que não deveria 

e queria não ser a criança curiosa 
o cão que late ao vulto 
a voz incontida em tumulto 

mas teu perfil é sonho de sonho 
esquecido voltando à realidade

olho de pálpebra cerrada 
de modo mudo, cercada

e ao ver-me em teu vidro fundo 
: flash ao mundo, registro a chegada: 
te atraio quando não deveria


*Poema reproduzido da revista Cândido, da Biblioteca Pública do Paraná. Site https://www.bpp.pr.gov.br/Candido/

 

jennifer trajano

Natural de João Pessoal (PB), Jennifer Trajano nasceu em 1996. É formada em letras e professora de língua portuguesa, revisora textual e autora do livro de poemas "Latíbulos" (Editora Escaleras, 2019). Também participou de antologias poéticas como "Um Girassol nos teus Cabelos: Poemas para Marielle Franco" (2018) e "CULT Antologia Poética #3: Poemas Para Fazer o Luto Desse Tempo" (2020). Acima, recorte em fotografia publicada no site https://comoeuescrevo.com/

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:
19.07.21 17h22 » Jennifer Trajano
12.07.21 17h00 » Carminha Ferreira
05.07.21 19h08 » María Ángeles Pérez López
28.06.21 18h07 » António Poppe
21.06.21 18h17 » Ana Miranda
14.06.21 18h50 » Nicolas Santos
07.06.21 18h58 » José Pinto
31.05.21 18h58 » Kátia Borges
24.05.21 19h17 » Afonso Henriques Neto
17.05.21 17h05 » Ernst Herbeck
10.05.21 19h30 » Miguel Jubé
03.05.21 19h00 » Poesias sobre "mãe"
26.04.21 17h14 » José Villa
19.04.21 15h58 » Natasha Tinet
13.04.21 21h06 » Mascha Kaléko
05.04.21 18h47 » Amanda Berenguer
29.03.21 16h14 » Roseana Murray
22.03.21 18h00 » Elke Erb
15.03.21 17h28 » Michel Houellebecq
08.03.21 17h24 » Adalberto Müller

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet