LANÇAMENTO/LIVRO

Na quarta (22), no Cine Teatro Cuiabá



flavio miolo

 

É com o objetivo de deixar um registro de vivências de palco para as gerações futuras, que o diretor artístico do grupo Cena Onze, Flávio Ferreira, lança o livro "O Louco Nosso de Cada Dia e Outros Filhos", na próxima quarta-feira (22), às 20h, no Cine Teatro Cuiabá, de forma gratuita, que se baseia em vivências pessoais, com 13 textos de teatro, sendo o primeiro escrito em 1990.

A ideia de escrever a obra surgiu a partir do momento em que o diretor percebeu que as coisas vão se perdendo. “A oralidade tem esse risco, então o compromisso de todos nós, que trabalhamos com cultura e arte é deixar documentado o que foi produzido e contribuir com o que pode ser melhorado a partir de então. O livro tem minha assinatura, mas também a contribuição de muita gente que ajudou a construir. Logo, é um coletivo, do qual eu faço parte. São textos, cenas, descrições de cenário e figurino”, declara Flávio.

São dezenas de textos, cada um com um olhar, uma pesquisa individual e personalizada, mas todos baseados em vivências, de obras de Flávio, de seus autores e coautores, com a parceria da editora Carlini & Caniato Editorial.

“Esse trabalho demorou uma vida para sair do papel, pois o primeiro texto é de 1990 e o último de 2020, ou seja, 30 anos de diferença, nos quais foram sendo escritas e montadas as peças. Em cada montagem a gente via a necessidade de um registro”, descreve o diretor.

Quando Ferreira começou a perceber a contribuição que recebia ao trazer mais pessoas para perto, não só no elenco, mas também na escrita e dramaturgia, seus trabalhos se enriqueceram de forma gratificante. “Foi assim que obtive as contribuições de grandes poetas como Silva Freire e Oscar Ribeiro, bem como de todas as atrizes do elenco da peça "Bereu". É muito importante poder contar com a consideração dessas pessoas para escrever”, ressalta.

O lançamento contará com o Grupo Cena Onze realizando performances de alguns dos textos, além de uma instalação poética, que é o ato de transformar uma poesia ou texto literário em uma obra de arte, montado pela figurinista Jane Klitzke e com a apresentação do compositor Abel Dy Anjos. (*com assessoria)

marcondes araújo

flavio capa

"Esse trabalho demorou uma vida para sair do papel, pois o primeiro texto é de 1990 e o último de 2020" (Flávio Ferreira)


SERVIÇO

O QUE: Lançamento do livro "O Louco Nosso de Cada Dia e Outros Filhos", de Flávio Ferreira
QUANDO:  22 de setembro, às 20h
ONDE: Cine Teatro Cuiabá, gratuito e aberto ao público
INFORMAÇÕES: (65) 2129-3848 / (65) 99253-3932


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet