INTENSIVISMO

Uma biblioteca digital em expansão



intensivismo

O Intensivismo destaca-se pelo simbolismo duplo e superposição de leituras em substituição da concreção da fala

Foi lançado o site do projeto “Criação da Biblioteca Digital do Intensivismo”, uma iniciativa da professora e pesquisadora Cristina Campos, aprovado no edital Mato Grosso Criativo realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

O endereço pode ser visitado no link https://www.intensivismo.com.br/ . Em seu conteúdo, que prossegue se expandindo, estão disponíveis periódicos, documentos e livros referentes ao Intensivismo, movimento literário de vanguarda que aconteceu em Mato Grosso a partir do final dos anos 1940.

Cristina Campos acredita que a disponibilização do acervo digital fomentará a pesquisa acerca desta face da produção literária do Modernismo em Mato Grosso. “O material é de difícil acesso, pois se encontra disperso por acervos familiares e bibliotecas. Venho coletando e digitalizando ao longo de muitos anos”.

intensivismo

Wlademir Dias Pino (1927-2018), poeta visual e referência do Intensivismo. Foto reproduzida do blogletras.com

O secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), Alberto Machado, destaca a importância da disponibilização do acervo. “A digitalização deste segmento literário mato-grossense é muito importante para a valorização da nossa cultura. Permitirá a ampliação do acesso a obras de grandes pensadores, escritores do nosso Estado”.

Além do site, foram produzidos três folders destinados a professores do 3º ano do 2º grau, professores e alunos de Letras e Pós-graduação em Estudos Literários e Cultura Mato-grossense.

Eles trazem informações sobre o movimento, alguns manifestos assinados por Wlademir Dias Pino, além de poemas de tradicionais e jovens autores intensivistas. “Funcionarão como tira-gosto, a fim de despertar o interesse pelo Intensivismo”, destaca Cristina Campos.

intensivismo

Recorte em obra de Dias-Pino, artista sempre na vanguarda, criada durante o movimento

O Intensivismo foi reconhecido pela Lei nº 9.244, de 18 de novembro de 2009, como forma de manifestação literária e cultural mato-grossense. Destaca-se pelo simbolismo duplo e superposição de leituras em substituição da concreção da fala. Os poemas são desmontáveis como em um procedimento matemático.

Dentre os escritores de maior expressão deste movimento estão: Wlademir Dias Pino, Benedito Santana da Silva Freire, Rubens de Mendonça, Dias da Cruz, José Lobo, Lopes de Brito, Newton Alfredo, Amália Verlangieri, Agenor Ferreira Leão e Antônio Costa. (*da assessoria da Secel/MT)

intens

O site permite a ampliação do acesso a obras de grandes pensadores e escritores de Mato Grosso

 

SERVIÇO

O QUE: site do projeto “Criação da Biblioteca Digital do Intensivismo”
LINK: https://www.intensivismo.com.br/ 
AUTORIA DO PROJETO: Cristina Campos, escritora, pesquisadora e professora

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet