Segunda, 01 de março de 2021, 16h27
EXPOSIÇÃO ONLINE
Obras ressignificam materiais caseiros

Redação*

casacorpo miolo

Fruto de vivências ao longo de três semanas de encontros virtuais, as obras desenvolvidas podem ser conferidas no site do projeto

Da maceração de folhas no álcool, cera de ouvido e até sangue, surge a matéria prima que dá cor e textura às obras de 13 artistas inscritos no 1º Ciclo De Residência Artística Online CasaCorpo na Escola. A alquimia da tintura foi uma das experimentações feitas pelos participantes, que assinam a exposição online com suas criações a partir desta segunda-feira, primeiro de março. 

casa corpo miolo

 

Fruto de suas vivências ao longo de três semanas de encontros virtuais, as obras desenvolvidas a partir da ressignificação de materiais caseiros, ficam à mostra no site http://casacorpoartes.com.br/. Para acessá-la, basta clicar na aba "Exposições". 

A primeira edição da residência ofereceu orientação gratuita à pessoas interessadas em desenvolver percepções e habilidades nos campos das artes visuais e literatura. Sob tutoria em processos criativos da educadora Imara Quadros e orientação artística de Carla Renck e Pedro Duarte, o projeto foi contemplado pela Lei Aldir Blanc. 

De acordo com Carla, as experiências com tintas naturais derivaram em tinta de hibisco, cúrcuma, beterraba e até casca de ovo. Isso porque, durante os encontros, a abordagem foi focada na singularidade dos processos e nas possibilidades do que cada um poderia desenvolver durante o fazer artístico. 

"Trabalhamos o fazer livre do artista com materiais que já temos disponíveis em casa e, assim, conseguimos criar um espaço, apelidado ateliê livre online, de ponte e apoio para as mais diversas trocas", explica. 

Na avaliação de Pedro, as atividades propostas estão em consonância com a temática do projeto. "As obras são os próprios cadernos dos artistas, com os exercícios de auto-retrato e retrato da casa, desenvolvidos nesse período. Os trabalhos estão diretamente ligados à temática central do projeto, que é justamente Casacorpo", diz.

O 1º ciclo do projeto aconteceu entre os dias 1 e 19 de fevereiro, e, agora, vem um novo ciclo com alunos do IFMT, Campus Bela Vista e Octaíde, previsto para o mês de março. Os encontros acontecem por meio da plataforma Google Meet.

CasaCorpo

O grupo CasaCorpo nasceu em 2019, realizando em 2020 sua primeira proposta de metodologia de Residência de Arte Contemporânea Híbrida, no Ateliê Livre do Museu de Arte e Cultura Popular da Universidade Federal de Mato Grosso (MACP/UFMT). 

A ação, orientada por Ruth Albernaz, contou com Carla Renck, Livia Bertges, Pedro Duarte e Reinaldo Mota. Por meio de rodas de conversa e oficinas abertas ao público, a ocupação ocorreu de janeiro a outubro de 2020, sendo virtualizada a partir de março. 

Mais informações sobre o grupo podem ser encontradas no site e nas redes sociais: instagram.com/casacorpoartes e http://casacorpoartes.com.br/. (*com assessoria)

 

SERVIÇO:

O QUE: exposição virtual CasaCorpoArtes
ONDE: http://casacorpoartes.com.br/

 


Fonte: Tyrannus Melancholicus
Visite o website: https://tyrannusmelancholicus.com.br/