VERSO

Djalma Passos

Poema*

 

Venho de longe descalço e triste
Pelas estradas
Caminhando nas noites
Como um viajor soturno e sem destino.

Não trago veste sobre o meu corpo,
Venho confundido com a natureza
Tonto de luz e de cor...

Na caminhada imensa e sem rumo
Tudo perdi,
Tudo ficou na solidão da poeira dos caminhos percorridos,
Menos este bastão inglório
Que continua me guiando como uma estrela,
Como uma luz,
Uma esperança.

 

*Reproduzido de http://www.antoniomiranda.com.br/

djalma passos

Djalma Vieira Passos (1923-1990) nasceu no interior do Amazonas, no município de Boca do Acre. Foi escritor, poeta, jornalista, advogado, policial militar e político. Foi editor do Jornal do Comércio, do Amazonas. Dedicou-se também ao estudo da vida e obra de Joaquim Nabuco. Publicou os livros "Poemas do tempo perdido" (1949), "As vozes amargas" (1952), "Tempo a distância" (1955), "Bazar de angústias" (1972), "Ocupação da Amazônia e outros problemas" (1974)


Voltar  

Confira também nesta seção:
18.01.21 16h57 » Yin Lichuan
11.01.21 21h00 » Djalma Passos
04.01.21 22h00 » Manoel Mourivaldo Santiago-Almeida
28.12.20 21h37 » Três poemas evocando a passagem de ano
28.12.20 21h37 » Madson Costa
22.12.20 19h51 » Thiago da Costa Pereira
15.12.20 21h00 » Luiz Alberto Schwab de Mello
08.12.20 18h00 » Bruno Brum
01.12.20 19h18 » Cezário Pereira da Costa
24.11.20 19h00 » Meire Pedroso
17.11.20 17h21 » Marin Sorescu
10.11.20 20h00 » Hagar Peeters
03.11.20 16h30 » Gary Snyder
27.10.20 19h00 » Pádua Fernandes
20.10.20 19h00 » Catarina Lins
13.10.20 19h00 » Akiko Yosano
06.10.20 19h00 » Graça Pires
29.09.20 19h00 » Warsan Shire
22.09.20 21h00 » Wladimir Cazé
15.09.20 21h00 » Ernesto Manuel de Melo e Castro

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet