CARTILHAS

Em inglês, espanhol, francês e libras



cartilha

 

Professores ligados a área da psicologia criam uma Força Tarefa que visa contribuir para a promoção do bem-estar durante a pandemia de COVID-19. A iniciativa intitulada PsiCOVIDa desenvolve e divulga materiais que instruem profissionais de saúde e população em geral no enfrentamento do estresse provocado pelo isolamento social. O destaque é a disponibilidade do material em diversos idiomas, incluindo Libras.

Foram elaborados mais de 25 produtos, dentre eles cartilhas psicoeducativas, vídeos e flyers, para diversos públicos. Os temas são abrangentes, o enfrentamento do estresse, guia para bem estar no trabalho, prática de atividades físicas, planejamento financeiro, cuidados com crianças e idosos, cartilha para gestantes, violência contra mulheres e crianças, entre outros.

Todo o material desenvolvido é baseado na ciência da psicologia e áreas afins. Durante a produção, o grupo se propôs a traduzir e popularizar o conhecimento científico para a população em geral. “O objetivo é ajudar na regulação emocional e no controle do estresse”, afirma a professora Tatiane Lebre Dias, do Departamento de Psicologia, do Instituto de Educação (IE), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Durante o período de quarentena a sociedade está desenvolvendo novas formas de exercer suas atividades cotidianas e lidando com o estresse provocado pelo isolamento social. A associação desses fatores, somados a possíveis problemas financeiros ou de convívio familiar, são um risco para a saúde dos indivíduos. Nesse contexto, os materiais da PsiCOVIDa tornam-se uma importante ferramenta durante o enfrentamento à pandemia.

A produção que deu início a toda essa Força Tarefa foi a “Cartilha para enfrentamento do estresse em tempos de pandemia”, que atualmente foi traduzida para a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS).  “Podemos alcançar de forma mais direta pessoas com dificuldades de audição e surdez, colaborando no processo de inclusão social. Os problemas de comunicação, por si só, podem ser estressores para essas pessoas, especialmente frente a um cenário ameaçador e imprevisível como o que estamos vivendo”, destaca a professora Tatiane

“Estamos muito realizados de colaborar neste momento difícil e desafiador para a nossa sociedade com o nosso conhecimento e experiência. Mas o principal sentimento é de gratidão a todos os colaboradores que fizeram este projeto se tornar realidade”, conclui a docente Sônia Regina Fiorim Enumo, da Pontifícia Universidade Católica (PUC-Campinas).

O grupo conta com 150 pessoas, entre pesquisadores, professores universitários, estudantes de pós-graduação e graduação e profissionais de diversas áreas de conhecimento, organizadas em mais de 25 times. Estão associadas cerca de 20 universidades no país, EUA e Portugal, dentre eles a UFMT, PUC do Rio Grande do Sul e de Campinas, assim como outras Instituições Federais de Ensino Superior (IFES). (*com assessoria)

Confira as cartilhas em https://linktr.ee/ftpsicovida 

cartilha 2

 




Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet