POPULAR/CIENTÍFICA

Conhecimentos para enfrentar a pandemia



cartilha 1

 

Professores e estudantes do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET Interprofissionalidade) criaram uma cartilha que reúne dados sobre as principais plantas medicinais e hábitos de saúde de comunidades tradicionais da região de Cuiabá. O objetivo foi reunir as práticas dessas famílias com o conhecimento acadêmico disponível, para criar um guia de plantas e hábitos que podem auxiliar na luta contra a covid-19.

A cartilha "Como posso aumentar a minha imunidade em tempos de Coronavírus" aborda o manejo, a higienização, prós e contras e preparo de plantas como eucalipto,  jatobá, o alecrim, erva de santa-maria, moringa e outros; também traz uma checagem de "fake news" sobre cada uma dessas ervas.

Além disso, em sua segunda parte, o material aborda as propriedades medicinais e características nutricionais de alimentos tipicamente utilizados na culinária cuiabana, como Banana, Mandioca e Curcuma.

"Trabalhamos em conjunto com profissionais das Unidades Básicas de Saúde nas comunidades de Nossas Senhora da Guia e do Aguaçu, fazendo o mapeamento das famílias, para identificar as práticas tradicionais que eles utilizam para cuidar da saúde individual e coletiva", explica um dos tutores do programa, professor Neudson Johnson Martinho. "O que identificamos é que muitas famílias utilizam plantas da região, além de rezas e benzeções, em sua cultura de hábitos de saúde", completou.

cartilha 3

 

A partir desse levantamento, os estudantes ficaram com a responsabilidade de catalogar as plantas que foram apresentadas e buscar o que já existia de conhecimentos científicos sobre a sua utilização. "O conhecimento dessas plantas é importante, porque mostra a importância dessas saberes que não são muito valorizados na sociedade.", afirma o estudante Daniel Henrique Rodrigues Perdigão, do 4º semestre de medicina. "Participar do projeto  me ajudou a ter uma compreensão mais ampla do que é saúde, pois evidencia que a mesma envolve também processos culturais, estilos de vida e hábitos", disse.

A cartilha faz parte do projeto de extensão "Autocuidado, ações interprofissionais para promoção de saúde em comunidades tradicionais", ligado ao grupo de Comunidades Tradicionais do PET Interprofissionalidade, e foi desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá.

A cartilha pode ser conferida na íntegra no link

https://cms.ufmt.br/files/galleries/4/arquivosdenoticias/Arquivos/Junho/cartilhapetsaudeplantasmedicinais.pdf

cartilha 2

 

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet