LANÇAMENTO/LITERATURA

"O massacre de Feradel"



peres miolo

 

Lançado em setembro passado, de autoria do escritor e jornalista Antonio Peres Pacheco, o livro "O massacre de Feradel", está disponível para aquisição pela Amazon, também com possibilidade de leitura digital gratuita.

Este é o segundo livro do gênero fantasia lançado pelo autor. O primeiro foi em 2019, inserido na antologia Ferro & Fogo (Lura Editorial), um excerto "d'O Cavaleiro Celta".

"Contos das Primeiras Eras - O massacre de Feradel" (Penca Literária Editorial) engloba outras seis histórias que se passam num mundo fantástico, onde o autor dá vazão às influências da literatura de fantasia e ficção científica que devorou na adolescência.

Em "O massacre de Feradel" a história se passa em Gendalm, onde anthrops (humanos), zoaskep (animais pensantes),  e lashnik (vegetais sencientes) estão em guerra há milênios.  A morte é uma rotina. Todos os caminhos se cruzam e nenhum deles é seguro para nenhuma das três raças. Lutar é uma imposição, mesmo para quem não se acha capaz de empunhar uma espada. O jovem Dharkvor, do clã dos Presas Brancas de Nordbórea descobre da pior maneira que, em tempos de guerra, o destino dá apenas duas opções: lutar e viver ou lutar e morrer.

"Na adolescência e juventude, influenciado pelas histórias de Júlio Verne, Arthur C. Clarke, Ursula K. Le Guin, Isaac Assimov, Audous Huxley, H.G Wells, Phillip K. Dick, Ray Bradbury, C.S. Lewis, Edgar Rice Burroughs, entre outros, que eu lia compulsivamente; e escrevi vários contos de Fantasia e Ficção Científica", rememora Peres. 

peres capa

Antonio Peres Pacheco aposta no gênero fantasia

Ele explica que depois abandonou esse gênero literário e se dedicou mais à poesia e aos contos e romances de drama. "Há dois anos, me deparei com o meu primeiro romance não publicado entre meus guardados, chamado provisoriamente de 'Além do céu azul profundo'". 

Esse livro, escrito em 1987, mistura alta ficção científica com distopia e drama psicológico. Peres se reencantou com o gênero e retomou a leitura e escrita nos gêneros: "O resultado dessa minha reincursão nessas searas começam a ser publicados agora. E com excelente aceitação dos leitores, o que não me surpreende." 

"Os gêneros e subgêneros literários de fantasia e ficção sempre foram vistos no mercado editorial brasileiro como literatura menor ou até mesmo não literatura. Puro preconceito pedante dos literatos de salão", garante Antonio Peres, que aposta na literatura chamada de 'entretenimento', voltada para o público adolescente e jovem adulto, que está em alta no Brasil.

Ele  conclui: "É um nicho do mercado literário que ainda vai crescer muito nos próximos anos, aproveita quem tem talento, quem tem coragem e tá se lixando pros preconceitos embolorados de acadêmicos empoeirados".

Contatos com o autor podem ser mantidos através do telefone 981120935. 

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet