PRÊMIO PULITZER

Vida e obra de uma estadunidense porreta



moser

Benjamin Moser é escritor e historiador dos EUA, que tem domínio sobre seis idiomas, fã de Clarice Lispector

sontag

Obra já editada em português (Cia das Letras)

"Sontag - vida e obra", uma robusta biografia do escritor e historiador estadunidense  Benjamin Moser, em torno de uma das intelectuais mais importantes do século 20. Dica bacana pra apreender os saberes de Susan Sontag (1933-2004). A obra foi lançada ano passado e foi traduzida em português numa edição da Cia das Letras.

A novidade é que o livro, na última segunda (4), venceu o prêmio Pulitzer, galardão dos EUA considerado um dos mais memoráveis do jornalismo mundial, na categoria biografia.

Susan Sontag é uma escritora que representa como ninguém o século XX americano. Envolta em mitos e incompreendida, louvada e detestada, ela se tornou símbolo do cosmopolitismo. Sontag deixou um legado intelectual que abrange uma imensidade de temas, como arte e política, feminismo e homossexualidade, medicina e drogas, radicalismos e fascismo, e que é uma chave indispensável para entender a cultura da modernidade.

Na biografia, feita a partir de uma pesquisa que durou quase dez anos, Benjamin Moser explora a angústia e as inseguranças por trás da formidável persona pública de Sontag e mostra suas tentativas de responder às crueldades e aos absurdos de um país que tomava um rumo equivocado, com a convicção de que a fidelidade à alta cultura era um ativismo em si. Com centenas de entrevistas e quase cem imagens, Sontag é o primeiro livro que tem como fontes os arquivos privados da escritora, além de várias pessoas que por muito tempo não se manifestaram sobre a biografada.

O biógrafo  

Benjamin Moser nasceu em 1976, nos EUA, mas vive atualmente na Holanda. Vencedor e/ou indicado para vários prêmios, ele é um historiador e escritor, com domínio sobre seis idiomas. Tem traduções já publicadas do holandês, francês, espanhol e português, língua que decidiu aprender após um breve contato com o chinês.

Moser ficou mais conhecido pelos leitores brasileiros quando, em 2009, lançou uma biografia de Clarice Lispector, autora pela qual se apaixonou. Da escritora, ele também organizou, em 2015, uma coletânea de contos, que esteve na lista dos 100 melhores livros do The New York Times naquele ano. (*com informações de vários sites) 

 

 


Voltar  

Agenda Cultural

  • Em Cartaz:
  • Live `Salve d Pantanal'
  • Dia: 24 de setembro
  • Local: redes sociais do Cine Teatro Cuiabá
  • Informações: no link
Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet