CINEMA ALTERNATIVO

Filmes bacanas, de 2ª a 5ª



babilonia

"Babilônia 2000", doc. de Eduardo Coutinho, nesta 2ª

Mais quatro filmes selecionados criteriosamente são oferecidos pelo Cineclube Coxiponés nesta semana, através de parcerias. As sessões acontecem em matinês, com entrada franca, na 2ª, 4ª e 5ª, na UFMT. Já na 3ª, tem sessão noturna no Cine Teatro, com ingressos a dois e quatro reais.

Nesta segunda (16), às 14h30, tem Sessão Doc., com curadoria e mediação de Karine Queiroz, na Sala Névio Lotufo (UFMT). Com entrada franca, será exibido o documentário "Babilônia 2000" (Brasil, 2000, 80 minutos). A direção é de um dos maiores documentaristas brasileiros, Eduardo Coutinho. Classificação para maiores de 12 anos.

O filme se passa no último dia de 1999, quando uma equipe de filmagens sobe o Morro da Babilônia, no Rio de Janeiro. Lá existem duas favelas, Chapéu Mangueira e Babilônia, as únicas situadas na orla de Copacabana e os moradores podem acompanhar ao vivo o reveillon de Copacabana. Durante 12 horas, as câmeras da equipe de filmagens acompanham os preparativos locais para o reveillon, assim como ouve os moradores locais a fim de saber as expectativas deles para o ano 2000 e para que possam fazer um balanço de suas vidas.

viagem

De Lúcia Murat, na terça, o doc. "Uma longa viagem"

Na terça (17), às 19h30, no Cine Teatro (parceiro do Coxiponés) acontece a exibição de outro documentário, "Uma longa viagem" (Lúcia Murat, Brasil, 2011, 95’). A curadoria e mediação é de Karine Queiroz, classificação para maiores de 16 anos e os ingressos custam dois e quatro reais.

O filme de Lúcia Murat traz a história de três irmãos, com a linha dramática dada pela história do caçula, que vai para Londres em 1969, enviado pela família para não entrar na luta armada contra a ditadura no Brasil, seguindo os passos da irmã. Durante os nove anos em que viaja pelo mundo, ele escreve cartas. Contrapondo-se à entrevista e às cartas, os comentários em off da irmã, presa política que virou cineasta e viaja pelo mundo, num processo inverso ao do irmão que, de viajante livre, foi obrigado a enfrentar diversos problemas. Com Caio Blat. 

mad max

"Mad Max: Estrada da Fúria", de George Miller, na 4ª

Na quarta (18), às 14h30, com entrada franca, na Sala Névio Lotufo (UFMT), será exibido "Mad Max: Estrada da Fúria" (George Miller, Austrália/EUA, 2015, 120'). Classificação para maiores de 12 anos. Curadoria e mediação de Gabriel Billy.

A trama se desenvolve num mundo pós-apocalíptico, onde uma guerreira se rebela contra um líder tirano e tenta voltar para sua terra natal, na companhia de prisioneiras em fuga, um fanático psicótico e um viajante chamado Max.

Com curadoria e mediação de Vinícius Romero, na quinta (19), às 14h, com entrada franca, será exibido "Duelo: Uma Quarentena" (Jacques Rivette, França, 1976, 121’). Na Sala Névio Lotufo (UFMT), para maiores de 14 anos.

O filme combina suspense, fantasia e drama. A história se passa na Paris moderna, onde a Rainha da Noite batalha contra a Rainha do Sol por um diamante mágico que permitirá que o vencedor permaneça na Terra. (*com assessoria e vários sites)

rivette

"Duelo: Uma Quarentena", de Jacques Rivette, na 5ª

 

 

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet