PROSA

Eu não sou louco, talkei?*



Só porque eu encostei em 272 pessoas na manifestação de domingo e posso ter contaminado todas elas, já estão querendo dizer que eu sou louco.

Mas eu não sou! Não sou! Não sou!

Aquele tal de Miguel Reale, que pediu o impitimam da Dilma, até sugeriu que façam exame em mim. Mas já vou avisando: se vier algum psicólogo com gracinha, eu mordo!

A Janaína Pascoal é que é louca. Já viram aquele vídeo dela girando uma roupa que nem roqueira? Louca de pedra! Tanto que agora tá dizendo que se arrependeu de votar em mim. Pô, vai me dizer que não me conhecia? Eu continuo igualzinho. Ela é que tem dupla personalidade. E dupla personalidade é loucura, talkei?

Querem me tirar da presidência dizendo que eu sou lelé. Até um haitiano me disse isso ontem à noite.

Só que, se eu fosse louco, eu não ia saber que esse negócio de coronavírus foi inventado pela China. Mas eu sei! Pode reparar, Diário, sempre que eles têm problema econômico, criam um vírus e saem ganhando com isso. Foi assim com a febre suína e com a gripe aviária. Tá na cara que eles fazem isso de propósito. Um louco ia pensar isso? Não ia. Eu sou é gênio!

Eu posso parecer louco porque eu sou o Messias, o escolhido, aquele que tem uma missão. E quem não aceita isso não me entende. Mas eu e meus seguidores sabemos que nós somos melhores que o ser humano comum. Pode olhar no Facebook dos meus fãs. São sempre são cheios de selfies. E não é porque nós somos vaidosos. É porque nós somos autoconfiantes e sabemos que somos melhores que o resto. A gente vê o que os outros não conseguem. A escola acaba com a visão natural das pessoas.

Me diz, Diário, se eu fosse louco, eu ia propor o fim da cadeirinha de criança nos carros?

Se eu fosse louco, ia ter ministros como a Damares, o Weintraub e o Ricardo Salles?

Se eu fosse louco, eu ia postar vídeo de caras se mijando?

Se eu fosse louco, ia brigar com meu próprio partido?

Se eu fosse louco, ia ter os filhos que eu tenho?

Se eu fosse louco, ia ter tanto ódio de radar?

Se eu fosse louco, ia ser fã do Ustra?

E me diz, Diário: se eu fosse louco, eu ia ter um guru como o Olavo de Carvalho? Hein? Hein?


*Reproduzido do livro "Diário do Bolso" (Padaria de Livros)

torero

José Roberto Torero Fernandes Júnior nasceu em Santos (SP). É mais conhecido como apenas Torero. Tem formação em jornalismo (USP) e vem atuando há vários anos como escritor, roteirista, cineasta, colunista de esportes e também na televisão. Coleciona prêmios e indicações em literatura e cinema. Está entre os finalistas do Jabuti 2020, na categoria Crônica, com o seu livro "Diário do Bolso" (Padaria de Livros), um falso diário do presidente Bolsonaro, onde ele escreve suas opiniões sobre a vida e outras bobagens

 

 

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:
24.11.20 19h00 » Conversação e peixada*
24.11.20 19h00 » Sombra*
17.11.20 17h21 » Seleção de frases*
17.11.20 17h21 » O Primo Basílio (trecho)
10.11.20 20h00 » Do ensino*
10.11.20 20h00 » Os Demônios (trechos)*
10.11.20 19h50 » Ocaso e o caso
03.11.20 16h30 » Porque Lulu Bergantim não atravessou o Rubicon
03.11.20 16h30 » “No fundo os olhos nem doem”
27.10.20 19h00 » Eu não sou louco, talkei?*
27.10.20 19h00 » Frases famosas*
20.10.20 19h00 » Rastreio de contato
20.10.20 19h00 » As vinhas da ira (romance-trechos)*
20.10.20 19h00 » A partida*
13.10.20 19h00 » Aforismos*
13.10.20 19h00 » À Deriva*
06.10.20 22h12 » Febre*
06.10.20 19h00 » Dragões*
29.09.20 19h00 » Réquiem por Laís*
29.09.20 19h00 » Bom dia, ressaca*

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet