PROSA

15 frases*



“A minha casa é guardiã do meu corpo e protetora de todas minhas ardências.”

“Alguns doutos em ciências descobriram que quanto maior o intestino, mais místico o indivíduo. E quem mais místico que Deus? Grande Intestino, orai por nós.”

“Ama-me, é tempo ainda.”

“Te amo ainda que isso te fulmine ou que um soco na minha cara me faça menos osso e mais verdade.”

“Amamos tanto… e a perda é cotidiana e infinita.”

“A verdadeira revolução é a santidade.”

“Costuro o infinito sobre o peito.”

“Há sonhos que devem permanecer nas gavetas, nos cofres, trancados até o nosso fim.”

“Vontade de não dar sentido algum às coisas, às palavras e à própria vida. Assim como é a vida na realidade ausente de sentido.”

“Há sonhos que devem ser ressonhados, projetos que não podem ser esquecidos.”

“Quero brincar meus amigos… de ver beleza nas coisas.”

“Se te pareço noturna e imperfeita… olha-me de novo.”

“Se você é coerente consigo mesmo, o resto é suportável. Eu suporto.”

“Te amo ainda que isso te fulmine ou que um soco na minha cara me faça menos osso e mais verdade.”

“Você nunca conhece realmente as pessoas. O ser humano é mesmo o mais imprevisível dos animais. Das criaturas.”


*Reproduzido de https://www.contioutra.com/

hilda

Hilda de Almeida Prado Hilst, ou simplismente Hilda Hilst (1930-2004), foi poeta, ficcionista, cronista e dramaturga, nascida em Jaú (SP). É considerada pela crítica especializada como uma das maiores escritoras em língua portuguesa do século XX. Foi e ainda é traduzida em vários idiomas

 

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:
29.09.20 19h00 » Réquiem por Laís*
29.09.20 19h00 » Bom dia, ressaca*
22.09.20 21h00 » câmera um: entrada social*
22.09.20 21h00 » Os Sofrimentos do Jovem Werther*
17.09.20 19h40 » Quem me navega
15.09.20 21h00 » O Tempo Grande e o Tempo Pequeno* (1º cap.)
15.09.20 21h00 » Paradiso*
08.09.20 20h00 » 12 frases da escritora*
08.09.20 20h00 » O homem é um fabricante de merda*
01.09.20 22h50 » Um amigo em talas*
01.09.20 22h50 » A casa vazia*
26.08.20 00h01 » O pior encontro casual*
26.08.20 00h01 » Disse o poeta...
21.08.20 11h40 » Regina P(l)ena de artes e versos
19.08.20 00h01 » A Freira
19.08.20 00h01 » De "O som e a fúria"*
18.08.20 17h09 » Alto Risco
12.08.20 00h01 » 15 frases*
12.08.20 00h01 » Peças*
11.08.20 00h49 » As intensidades de Adir Sodré

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet