CRÔNICA

Enquanto*



tang

 

Enquanto vou traçando linhas aqui pra fechar a mais nova edição do site passarinho, o bicho continua pegando lá em Tangará da Serra, cidade mato-grossense que tenho orgulho e satisfação de decretar aqui como a capital mato-grossense da literatura. 

Enquanto o coronavirus se esparrama pelo mundo eu já sinto saudades dos poucos dias da efervescência cultural que impregnou a cidade de MT, que tem pouco mais de 40 anos e de 100 mil habitantes, mas vai traçando a sua história rumo a um futuro que, apesar da matéria prima ficcional em pauta, edifica uma realidade saudável ao preparar gerações vindouras com a graça dos saberes e fazeres que são plantados com as letras.

tang

 

Enquanto aqui escrevo e vocês leem, segue o baile... Ribombam os desdobramentos imediatos que os impactos de uma maratona literária que finge encerrar-se, mas que já emplacou um encarceramento (do bem) de conceitos e práticas que hão de produzir uma sociedade mais cidadã, mais preparada e apta para compor as teias do implacável futuro.

tang

 

Enquanto me viro pra adiantar e já almejando o fechamento destas palavras, passeiam pela minha cabeça  as imagens reais, lúdicas, oníricas... verdadeiras epifanias. Rumores, sorrisos, lágrimas, "sobras" e sombras, encontros e desencontros, vaidades e generosidades e mais um catatau de coisas, ações e sentimentos; propiciados por toda essa humanização do conhecimento.

tang

 

Enquanto a banda de música vai baixando o som e a linha tênue entre a ficção e realidade nos prega mais uma brincadeira de esconde-esconde, e eu não consigo me satisfazer com aquilo que estou a escrever...

Enquanto não fecho definitivamente meu texto confessional, ainda há tempo pra dizer, pra reforçar, que a força da literatura deste Mato Grosso só existe pelo comprometimento coletivo de instituições e pessoas que estão a fazer o que é preciso: entrar para a história.

tang

 

Enquanto isso, dedico este texto a todos nós que fizemos com alegria toda essa agitação das letras. Especialmente, aos adolescentes e jovens de Tangará da Serra, que somaram conosco. Que essa cidade de MT jamais perca essa atmosfera literária. Que essa contaminação prossiga... pra sempre!!!

tang

 

*O texto acima reporta, de forma genérica, o olhar do tyrannus após a participação na agenda cultural desenvolvida entre os dias 11 e 12 de março, em Tangará da Serra (MT), que celebrou os 10 anos do Programa de Pós-graduação em Estudos Literários - PPGEL. O evento foi uma iniciativa da Unemat, reunindo o PPGEL, o CEPLIT e o Núcleo de Pesquisa Wlademir Dias-Pino.


Voltar  
2 Comentrio(s).
balbúrdias como essa fazem a diferença
enviada por: lorenzo    Data: 13/03/2020 18:06:33
Tudo atestado... Eu estava lá também!
enviada por: ManoelMSA    Data: 13/03/2020 00:12:19

Confira também nesta seção:
08.07.20 00h10 » Meu negro de estimação*
08.07.20 00h10 » Não choro porque meus olhos ficam feios
04.07.20 14h19 » Marília, sonhos e sorrisos
04.07.20 11h31 » Quem vem lá?
01.07.20 00h01 » Cérebros
01.07.20 00h01 » Almoço Nu (trecho)*
24.06.20 00h10 » Papel de parede*
24.06.20 00h10 » Seleta de frases*
17.06.20 17h31 » Sem pena? É quarentena
17.06.20 00h10 » Laboratório de deuses
17.06.20 00h10 » Sono e vigília*
10.06.20 16h45 » Está pedreira na clareira
10.06.20 00h10 » Ulysses (minitrecho)*
10.06.20 00h10 » Labirinto de rosas*
03.06.20 00h10 » "Grande Sertão: Veredas" (trechos)*
03.06.20 00h10 » Corá* (trecho)*
01.06.20 09h40 » Quer comprar?
27.05.20 00h10 » O pião*
27.05.20 00h10 » Detesto quem anda com uma pistola no bolso*
20.05.20 00h01 » A noiva do som*

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet