CURTAS ONLINE

Produzidos entre 2006 e 2018



carol

Prata da Casa (Caroline Araújo, 2013, 5´)

Dez curtas da realizadora audiovisual e produtora cultural Caroline Araújo são atração dessa semana na Edição Especial da Temporada de Filmes do Cine Teatro Cuiabá, ação organizada em substituição à programação presencial do Cine Teatro Cuiabá cancelada em atenção às medidas de contenção e prevenção à covid-19. Enquanto durarem as medidas de distanciamento social, a Temporada de Filmes Online difunde conteúdos audiovisuais independentes, com ênfase na produção realizada em Mato Grosso, através das redes sociais do Cine Teatro Cuiabá e do Cineclube Coxiponés da UFMT. 

O compartilhamento de novos filmes acontece sempre a partir das 19h30 das terças-feiras, mantendo o dia da semana e horário em que tradicionalmente acontecem as sessões de cinema do Cine Teatro Cuiabá. A partir das 19h30 dessa terça, 01º de setembro (e até o final do mês), serão compartilhados os curtas “Alves de Oliveira”,  “Da Capo: 30 Anos de Sinfonia”, “Intervenção Cultural”, “A transpiração de Jonas Barros”, “Inexorável Marilza”, “Futebol de Tchapa e Cruz”, “Prata da Casa”, “A Bola de Ouro”, “O outro lado do Rio” e “Aline”. Todos os curtas têm classificação indicativa livre. Um episódio da série Cine Comentário Sonoro sobre o curta “Intervenção Cultural” será publicado no sábado, 05 de setembro. 

A ação envolve parceria entre realizadora, Cine Teatro Cuiabá, Cineclube Coxiponés e Rede Cineclubista de Mato Grosso (REC-MT) e integra a programação de aquecimento para a MAUAL 2020 – 19ª Mostra de Audiovisual Universitário e Independente da América Latina -, que acontece entre 28 de setembro e 02 de outubro de 2020 no Canal do YouTube do Cineclube Coxiponés da UFMT.

carol

A transpiração de Jonas Barros (Caroline Araújo, 2013, 5´)

A Temporada de Filmes Online integra a Programação Cultural Online da Quarentena do Cine Teatro Cuiabá, que semanalmente compartilha, pela internet, conteúdos culturais diversos, com atrações diárias. Para acessar os filmes e saber mais sobre o restante da programação, acesse facebook.com/cineteatrocuiaba (Link publicações) ou https://wp.me/pbQLhj-v0

Sobre Caroline Araújo 

Formada em Comunicação Social - Rádio e TV - pela universidade Federal de Mato Grosso, Caroline Araújo é especialista em Planejamento e Gestão Cultural e em Cinema pela Universidade de Cuiabá (UNIC). É Mestre em Estudos de Cultura do Contemporâneo pelo Programa de Pós-Graduação em Cultura Contemporânea (ECCO/UFMT), onde atualmente desenvolve projeto de pesquisa de doutoramento, além de integrar o Grupo de Pesquisa Artes Híbridas. Trabalha com audiovisual e produção cultural há 20 anos, atuando como realizadora, documentarista, produtora executiva, diretora de produção e diretora de arte. É diretora executiva do Guará – Festival de Cinema Ambiental que acontece em itinerância desde 2007 por municípios de Mato Grosso. Trabalhou como produtora de quatro edições do Festival de Cinema Feminino “Tudo Sobre Mulheres” e em diferentes funções na MAUAL – Mostra de Audiovisual Universitário e Independente da América Latina -, realizada pelo Cineclube Coxiponés, instituição da qual é parceira desde os tempos da graduação. 

carol

Intervenção Cultural (Caroline Araújo, 2011, 9´)

Caroline foi a produtora local do projeto “FIFA’s Profile 2014”, realizado pela HBS Broadcasting – Cuiabá/Londres, em 2013, e foi coordenadora de produção local da “Missão FIFA 2014”- Cuiabá/Manaus, em 2014. Trabalhou em diversos curtas e longas metragens brasileiros e mato–grossenses, como o longa “O Homem Mau Dorme Bem”, de Geraldo Moraes; os curtas “Baseado em Fatos Reais”, “Depois da Queda”, “S2” e “Três Tipos de Medo”, de Bruno Bini; “Horizontem” e “Paraizoo”, de Amauri Tangará; “3,60”, de Severino Neto; e “Pandorga”, de Maurício Pinto. Foi Diretora de Comunicação da ABD Nacional - Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas, de 2012 a 2013, além de ter ocupado a Diretoria Executiva da AMAV/ABD – MT entre 2010 e 2014. Em parceria com a Monkey Filmes, produziu, roteirizou e dirigiu mais de 120 curtas documentários para a Assembléia Legislativa de Mato Grosso, entre 2013 e 2019 (seis deles compartilhados nessa Temporada de Filmes Online). Em 2020 lançou dois telefilmes documentários vencedores de prêmios municipais e federais: “Vila Haiti”, de Luzo Reis, em que atuou como roteirista e produtora executiva - filme atualmente licenciado pela CineBrasilTV; e “Missivas”, que co-roteirizou, co-produziu e co-dirigiu com Maurício Pinto e que integra a grade de programação da EBC - Empresa Brasil de Comunicação. Caroline Araújo trabalha com consultoria cultural, direção de arte, direção publicitária e produção audiovisual independente. Ministra oficinas de realização audiovisual e produção cultural para iniciantes e níveis avançados, nas universidades ou comunidades e em ações sociais. É Coordenadora do Curso de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda - do UNIVAG. Também atua como Professora Voluntária do Curso de Radialismo da UFMT desde agosto de 2019. Além disso, foi formadora convidada da MT Escola de Teatro de agosto a dezembro de 2019, no curso de Produção Cultural, onde hoje responde pela Coordenação Pedagógica do Curso de Produção Cultural.

Sobre as obras compartilhadas

Alves de Oliveira (Caroline Araújo, 2006, 25’).
Sinopse: Documentário que relembra a vida e obra de um dos ícones da comunicação mato-grossense, o radialista João Alves de Oliveira, cronista responsável por um dos programas de crônicas radiofônicas de maior sucesso fora do eixo Rio-São Paulo e que também implantou o primeiro jornal diário produzido na capital mato-grossense.

Da Capo: 30 Anos de Sinfonia (Caroline Araújo, 2008, 21’).
Sinopse: O documentário mostra bastidores e conversas com integrantes da Orquestra Sinfônica da UFMT (OSU/UFMT), à época em vias de comemorar 30 anos de fundação. Eleito melhor vídeo mato-grossense no 15º Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá (2008). 

carol

Da Capo: 30 Anos de Sinfonia (Caroline Araújo, 2008, 21´)

Intervenção Cultural (Caroline Araújo, 2011, 9’).
Sinopse: O documentário discorre sobre como a arte muda a vida das pessoas, utilizando como fio condutor a ação capitaneada pela artista plástica radicada em Mato Grosso Lara Matana, em parceria com a estilista cuiabana Suzana Figueiredo, a maestrina Silbene Perassolo e a designer de joias Carmen Delamonica.

A transpiração de Jonas Barros (Caroline Araújo, 2013, 5’).
Sinopse: A arte como transformação, o artista como ferramenta para isso. O artista plástico mato-grossense Jonas Barros compartilha percepções sobre seu processo criativo.

Inexorável Marilza (Caroline Araújo, 2013, 5’).
Sinopse: Documentário feito para a TV ALMT em 2013, sobre a poetiza Marilza Ribeiro, que transborda inquietações e reflexões sobre a cidade, a arte e o outro.

Futebol de Tchapa e Cruz (Caroline Araújo, 2013, 5’).
Sinopse: Documentário produzido pela Monkey Filmes para a TVALMT em 2013, quando Cuiabá se preparava para ser uma das cidades sedes da Copa do Mundo de 2014. Primeiro episódio da Trilogia Cuiabá Futebol Clube.

Prata da Casa (Caroline Araújo, 2013, 5’).
Documentário produzido pela Monkey Filmes para a TVALMT em 2013, quando Cuiabá se preparava para ser uma das cidades sedes da Copa do Mundo de 2014. Segundo episódio da Trilogia Cuiabá Futebol Clube.

A Bola de Ouro (Caroline Araújo, 2013, 5’).
Sinopse: Documentário produzido pela Monkey Filmes para a TVALMT em 2013, quando Cuiabá se preparava para ser uma das cidades sedes da Copa do Mundo de 2014. Terceiro episódio da Trilogia Cuiabá Futebol Clube.

carol

Caroline Araújo, realizadora de MT

O outro lado do Rio (Caroline Araújo, 2015, 23’).
Sinopse: A cidade é um ambiente vivo. O documentário retrata o metabolismo da cidade de Cuiabá a partir de histórias sobre o Rio que a nomeia. 

Aline (Caroline Araújo, 2018, 28’).
Sinopse: Documentário em homenagem à crítica de arte Aline Figueiredo.

Cine Comentário Sonoro sobre Intervenção Cultural 

Para complementar a difusão online dos curtas de Caroline Araújo será publicado um episódio da série Cine Comentário Sonoro (o trigésimo da série) às 18h de sábado, 05 de setembro. No episódio, a realizadora relembra bastidores de produção de “Intervenção Cultural”, documentário que reúne quatro mulheres criadoras: a artista visual Lara Matana, a estilista Suzana Figueiredo, a maestrina Silbene Perassolo e a designer de joias Carmen Delamonica. Na série “Cine Comentário Sonoro”, realizador@s relembram histórias associadas à produção de seus filmes, através de uma faixa de comentário sonoro integrada aos curtas. A série é uma parceria entre realizador@s, o Cineclube Coxiponés da UFMT e a Rede Cineclubista de Mato Grosso (REC-MT). Todos os episódios estão disponíveis no canal do YouTube do Cineclube Coxiponés. 

carol

Aline (Caroline Araújo, 2018, 28´)

Sobre o Cineclube Coxiponés e a MAUAL 2020

O Cineclube Coxiponés foi fundado em 1977 e tem uma história de mais de 40 anos de difusão, reflexão e estímulo à produção audiovisual em Mato Grosso. Realiza ações semanais de exibição e debate de filmes, formando plateias para o cinema autoral e independente. Além do acesso ao acervo de filmes, oferece oficinas de realização audiovisual e promove a difusão e o intercâmbio de ações cineclubistas em Mato Grosso, incluindo a MAUAL – Mostra de Audiovisual Universitário e Independente da América Latina. 

A Mostra Competitiva da MAUAL 2020 acontece entre 28 de setembro a 02 de outubro, no Canal do YouTube do Cineclube Coxiponés. Além da Mostra Competitiva, as atividades da MAUAL 2020 entre setembro e outubro envolvem mostras informativas de curtas de realizador@s que participaram de diferentes edições da Mostra (com publicação de episódios da série Cine Comentário Sonoro), aulões, oficinas-laboratório de desenvolvimento de projetos audiovisuais, bate-papos sobre os curtas exibidos na Mostra e encontro de iniciativas que integram a Rede Cineclubista de Mato Grosso (REC-MT). Saiba mais sobre a MAUAL 2020 nas redes sociais do Cineclube. A programação do Cineclube Coxiponés integra a Agenda Cultural UFMT 50 Anos (Coordenação de Cultura/PROCEV/UFMT). 

Acesse facebook.com/coxipones e instagram.com/cinecoxipones e saiba mais sobre a programação do Cineclube Coxiponés da UFMT. Consulte a programação da Coordenação de Cultura da UFMT através da Plataforma Virtual Cultura e Vivência da UFMT: culturaufmt.wordpress.com . (*com assessoria)

carol

Alves de Oliveira (Caroline Araújo, 2006, 25´)

SERVIÇO

O QUE: Temporada de Filmes Online, com compartilhamento de curtas de Caroline Araújo. Atividade integra programação de aquecimento para a MAUAL 2020.
QUANDO: A partir das 19h30 de terça-feira, 01ª de setembro de 2020.
ONDE: facebook.com/cineteatrocuiaba (Link Publicações).
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: livre para todas as idades
MAIS INFORMAÇÕES: pelo email: pautacineteatrocuiaba@gmail.com
CURTAS DISPONÍVEIS NO LINK: https://wp.me/pbQLhj-wN

 


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet