NOITE DO JAZZ

Com o Trio Oleare e Joelson Conceição



joelson

Joelson Conceição, violonista exímio, músico convidado para a quarta-feira

Nesta quarta (12) tem a sexta edição da Noite do Jazz, opção bacana que premiou o público cuiabano, amante de propostas musicais mais elaboradas, neste 2020. Acontece no Fuzuê Bar e Boemia, espaço situado na efervescente Praça da Mandioca. A partir das 20h, ao custo de cinco reais. 

O projeto foi materializado com a intenção de agitar a cena do jazz e da música brasileira em Cuiabá. A cada semana, sempre às quartas, o Pedro Oleare Trio recebe um solista convidado. O trio residente é formado por Oleare (guitarra), Thiago Costa (bateria) e Paulinho Nascimento (baixo). Neste dia 12 quem se "ajoja" à trinca é o cuiabano Joelson Conceição, violonista com longa folha de serviços prestada à musicalidade de MT, atualmente, radicado em Brasília. 

O capixaba Pedro H. Gomes Oleare, radicado há dois anos em Cuiabá, é o articulador desse lance. Versátil e exímio instrumentista, tive conhecimento dele através da jornalista e cantora Martha Baptista. Desde então tornei-me amigo desse camarada que ouso nominar aqui como "Espírito Santo", que já chegou chegando nos agitos sonoros cuiabanos. 

O tyrannus tava no rastro do Oleare, via redes sociais, faz tempinho, pra fazer o registro dessa iniciativa. E finalmente rolou a conversa com a troca de informações. Para tocar jazz, por exemplo, não é qualquer músico que tem plena habilitação. Daí, que a formação dos integrantes do Trio e dos músicos convidados não é pouca coisa e nem cabe em poucos parágrafos. 

Oleare é violonista e compositor, com formação erudita e para além dela. Já tocou nas noites e estudou em diferentes instituições musicais, como a UFES, Rio Música e UNIMES, entre outras. Seu currículo extenso também traz experiências em turnês europeias, acompanhando grupos de forró na França e em Portugal.

Aqui na cidade caliente vem trabalhando como professor do Instituto Ciranda e atua assiduamente na incipiente cena jazzística da cidade, tocando com o próprio grupo e acompanhado músicos como Alex Teixeira, Igor Mariano, Sidnei Duarte e Thiago Costa.

Peço a Oleare que fale algo sobre seus parceiros no trio, informalmente, já que não haverá tempo hábil para levantar tais informações, considerando que a matéria precisa sair logo. Sabemos que o normal é que os músicos se expressem com mais facilidade através de seus instrumentos, mas, Oleare é jazzista e jamais fugiria de uma improvisação.

"O Thiago Costa é de Niterói, mas já morou algumas vezes em Cuiabá e agora está de volta. É um grande músico, um dos melhores bateras de Cuiabá e já trabalhou com praticamente todo mundo aqui na cidade e tem também experiência na cena do jazz de São Paulo, onde viveu algum tempo."

"O Paulinho Nascimento é cria aqui de Cuiabá mesmo, é um dos baixistas mais requisitados da cidade e é impossível registrar a quantidade de músicos com os quais ele já tocou. Acompanhou e acompanha aí Deus, o mundo e a torcida do Flamengo", completa Oleare.

É isso e, só pra lembrar: o Fuzuê Bar e Boemia fica na Praça da Mandioca, rua Governador Rondon, 737.

fuzue

Pedro Oleare e Thiago Costa, que integram o trio, e o pianista Igor Mariano, parceiro das incursões musicais

 


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet