SESSÕES ALTERNATIVAS

Na UFMT e no Cine Teatro



menino

"O menino e o mundo", animação de Alê Abreu. Às 14h, terça, no Cineclube Coxiponés

Um sobrevoo em torno de quatro filmes que ganham sessões alternativas nesta semana. A iniciativa é do Cineclube Coxiponés (UFMT), através de várias parcerias, com setores da universidade, e também com o Cine Teatro Cuiabá. As exibições acontecem de terça (15) a quinta (17).

Como o tyrannus costuma frisar, essas sessões se realizam através de curadorias específicas que selecionam produções relevantes. 

Terça-feira

Na terça, às 14h, na Sala Névio Lotufo (UFMT), livre para todas as idades e grátis, será exibida a premiada animação "O menino e o mundo" (Alê Abreu, Brasil, 2013). Na história, um menino mora com os pais em uma pequena cidade do campo. Diante da falta de trabalho, um dia, ele vê o pai partindo para a cidade grande. Os dias que se seguem são tristes e de memórias confusas para o garoto. Até que então ele faz as malas, pega o trem e vai descobrir o novo mundo em que seu pai mora.

Quarta-feira

Na quarta, para maiores de 12 anos e com entrada franca, às 14h, ganha sessão o badalado "O Sexto Sentido" (The Sixth Sense, M. Night Shyamalan, EUA, 1999), filme de terror psicológico estrelado por Bruce Willis, Toni Collette e Haley Joel Osment. A exibição acontece na Sala Névio Lotufo do Cineclube Coxiponés.

O filme traz a história de Cole Sear, um garoto com a capacidade de ver e falar com os mortos, e o terapeuta que tenta ajudá-lo.

fiu fiu

"Chega de Fiu Fiu", documentário nacional, na quinta, 14h, no Coxiponés

Quinta-feira

"Chega de Fiu Fiu" (Amanda Kamanchek e Fernanda Frazão, Brasil, 2018) é o documentário programado para quinta-feira, às 14, n Sala Névio Lotufo. Para maiores de 14 anos.

Descreve a sinopse da produção tupiniquim: "As cidades foram feitas para as mulheres? O filme "Chega de Fiu Fiu" narra a história de Raquel, Rosa e Teresa, moradoras de três cidades brasileiras, que, por meio de ativismo, arte e poesia resistem e propõem novas formas de (con)viver no espaço público.

Também na quinta, às 19h30, para maiores de 18 anos, com ingressos a dois e quatro reais, rola "Aquarius" (Kleber Mendonça Filho, Brasil/França, 2016). O filme traz Clara (Sonia Braga), que mora de frente para o mar no Aquarius, último prédio de estilo antigo da Avenida Boa Viagem, no Recife. Jornalista aposentada e escritora, viúva com três filhos adultos e dona de um aconchegante apartamento repleto de discos e livros, ela irá enfrentar as investidas de uma construtora que tem outros planos para aquele terreno: demolir o Aquarius e dar lugar a um novo empreendimento. (*com assessoria)

aguarius

Sônia Braga está em "Aquarius", de Kléber Mendonça. Quinta, 19h30, no Cine Teatro

 


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet