POESIA

William Wordsworth

Prelúdio

E eu senti

Uma presença que me perturba 
com a alegria
De elevados pensamentos; 
um sentido sublime
De algo mais profundamente entremesclado,
Cuja moradia é a luz dos poentes
E o redondo oceano 
e o ar vivo.
E o céu azul, 

E na mente do homem:
Um movimento e um espírito 
que impelem
Todas as coisas que pensam,
todos os objetos de todo o pensamento,
E que rola através de todas as coisas.

 

*Reproduzido de http://wwwpoetanarquista.blogspot.com

William Wordsworth (1770-1850), poeta da Inglaterra


Voltar  

Confira também nesta seção:

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:

  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet